Você sabia que o Drywall suporta a instalação de prateleiras e de outros tipos de objetos?

Bancadas e armários, prateleiras, quadros, suportes para TV e microondas, espelhos, entre outros objetos, podem ser fixados diretamente nas paredes construídas com sistemas Drywall.

Você sabia que o Drywall suporta a instalação de prateleiras e de outros tipos de objetos? Bancadas e armários, prateleiras, quadros, suportes para TV e microondas, espelhos, entre outros objetos, podem ser fixados diretamente nas paredes construídas com sistemas Drywall.

Muita gente se pergunta se o sistema Drywall consegue suportar a instalação de alguns objetos fixados nas paredes assim como é feito nas tradicionais alvenarias (bloco, tijolo e argamassa). A resposta é SIM. Para isso, é necessária utilização de buchas especiais para Drywall, também conhecidas como “buchas para ocos”, e parafusos ou ganchos correspondentes.

Esses materiais são facilmente encontrados nos depósitos de materiais de construção próximo à sua casa ou nos grandes home centers.

Um quadro ou um porta-retratos (até aproximadamente 5 kg) podem ser fixadas em qualquer ponto da parede. Já cargas mais pesadas, como armários de cozinha, exigem reforços internos nas paredes. Em uma reforma, os reforços para cargas pesadas podem ser colocados antes do parafusamento das chapas na estrutura, o que torna ainda mais fácil a tarefa de fixação.

Dicas para inovar seus projetos com Drywall

Na hora de inovar com o uso do Drywall é importante ter bastante conhecimento técnico, das especificações e das instalações do material e sistema. Saiba aqui como criar inovações e possibilidades com o Drywall.

Estante ou nichos nas paredes

Por se tratar de um sistema leve e prático, a chapa de Drywall pode ser cortada e redimensionado de acordo com a sua necessidade, possibilitando a criação de estantes ou nichos nas paredes.

Para esse tipo de sistemas, recomendamos uma conversa direta com o instalador de Drywall de sua confiança, pois é preciso dominar as técnicas de instalação e as características de cada elemento do sistema Drywall, como placas, perfis e parafusos, de forma a se obter uma estante, que suporte as cargas que serão inseridas no móvel.

Projeto da foto: Escritório de Advocacia instalado por Bola de Gesso

Cabeceiras em Drywall

Adaptando-se com muita facilidade aos espaços e dimensões, também é possível estruturar cabeceiras de cama com Drywall. Suas superfícies planas fazem com que o Drywall possa servir de base para recebimento de diversos tipos de acabamentos como: pintura, papel de parede, tecidos, adesivos e vinis, entre outros.

Mas lembre-se, caso você queira realizar assentamento cerâmico como o acabamento, é obrigatório o uso da chapa RU (Drywall resistente à umidade, ou chapa verde), pois essa possui as propriedades adequadas para a aderência da argamassa colante.

Flexibilidade de layouts dos ambientes

Hoje vivemos na era dos apartamentos pequenos como studios e flats. Mas, apesar da proposta destes imóveis seja oferecer os cômodos conjugados, muitas vezes é necessário a criação de algumas separações de ambientes. Desta forma, devido ao seu baixo peso e sua facilidade de instalação, o sistema Drywall pode dar vida a esse projeto.

Outro ponto importante é entender bem a necessidade inerente a esse “novo cômodo”, afim de se instalar um sistema Drywall adequado. Por exemplo, caso você precise um ambiente com maior isolamento acústico, você pode utilizar a instalação de 2 chapas brancas (Standard convencionais ou ST) de cada lado da parede ou até mesmo utilizar uma chapa com maior desempenho acústico, como a Phonik.